Como escolher,  Maquiagem

Acertando na maquiagem – aprenda como escolher a base ideal para a sua pele

A base é um elemento determinante para quem deseja ter um bom resultado na maquiagem. Porém, para isso, é necessário acertar no tipo certo para a sua pele. No mercado existem várias texturas e nessa publicação você aprenderá como escolher a base ideal para o seu tipo de pele.

Primeiramente, a função da base na maquiagem é homogeneizar o tom da pele e esconder as imperfeições. Existem de coberturas leves até pesadas, de texturas líquidas a sólidas. O mercado sempre se inova e ultimamente vem surgido as bases em BB cream, CC cream e DD cream, que fornecem cobertura leve e de aspecto natural, proteção e tratamento.

Fatores a levar em conta na escolha da base é o tipo (oleosa, normal, seca, mista e também, jovem e madura) e tom da pele (clara, média, morena e negra); estação do ano, no verão é preferível bases mais leves à pesadas, já no inverno, como não transpira-se tanto, pode arriscar em bases de média a alta cobertura; o horário, o dia é favorável bases mais leves e com fator de proteção, já a noite favorece escolhas de cobertura média a alta.

Tipos de Base

1. Base líquida: é indicada para peles normais e secas. Para peles oleosas, o ideal é com acabamento mate. E aconselhado para todas as idades; para a pele mais madura, é a ideal pois, tem fácil distribuição e não acumula nas linhas de expressão. É o tipo de base ideal para regiões ou épocas do ano de calor, pois não deixa marcas ou linhas.
O inverno resseca a pele, para quem já tem pele seca, é usar uma base com acabamento mais luminoso.
A cobertura geralmente é leve ou média, apresenta acabamento aveludado. A durabilidade vai depender da qualidade do produto.

2. Base cremosa: é bem semelhante a base líquida, porém apresenta a textura mais densa. Isso é notado quando se espalha a base, pois ela não se distribui tão rápido quanto a líquida. É indicada para todas as idades. Como a cobertura é alta, evite usar durante o dia. Não é indicada para pele oleosa.
A durabilidade é maior que a da base líquida.

3. Base em pó: é indicada para quem tem pele mista ou oleosa, reduzindo o brilho, absorvendo a oleosidade. Muitas vezes é utilizada para fazer o acabamento da make. Como acabamento, pode ser usada por qualquer tipo de pele. Também é indicada quando se deseja retocar a maquiagem. Fica bem para qualquer estação e horário. Apresenta fácil aplicação. É ideal para quem deseja passar sobre o protetor solar, para retirar o brilho ou sobre o BB Cream.
Reforçando, para quem tem pele seca ou normal, não utilizar somente essa base, aplique como acabamento ou retoque. A durabilidade, quando usada como base, não é alta, pois o pó facilita a perda de efeito.

4. Base bastão: é indicada para todos os tipos de pele. Possui excelente cobertura e pode ser usada como base, corretivo e iluminador. Dá para fazer contorno com esse tipo de base tranquilamente. Não é indicada para retoque da maquiagem.

5. Base em mousse: é indicado para peles oleosas, contudo, peles secas também podem usar. Isso é porque a maioria é oil free, fazendo com que se adapte a qualquer tipo de pele. O aspecto que deixa na pele é leve e natural e possui boa durabilidade.

6. Compacta: ideal para todos os tipos de pele. Porém,quem possui pele oleosa, escolha as que estão escrita efeito pó, efeito matte, pois esse tipo de base apresenta alta cobertura podendo obstruir os poros e causar espinhas. A durabilidade depende do acabamento, será curta se for muito pesado e maior com a finalização mais leve. Recomendado para noite e dias frios.

7. Mineral: para todos os tipos de pele. Ideal para quem tem alergia a algum produto presente nas outras bases e busca um efeito natural. Embora o conceito seja ser livre de produtos que possam fazer mal, nem todas as marcas fazem isso. É importante ler o rótulo e identificar se possui compostos como petrolato e parabeno na composição. O intuito da base mineral é nutrir e tratar a pele. Pode ser usada como acabamento. Indicada para qualquer horário e estação do ano. A cobertura é bem leve.
Se a pele for muito seca ou marcada por manchas e acne, é melhor evitar, ao menos que seja para finalização.

8. Cushion: Pode ser usado por qualquer tipo de pele. Apresenta textura areada lembrando a base mousse. A cobertura é leve e hidratante, ótima opção para peles maduras e para quem deseja aspecto natural.
A durabilidade não é muito alta, mas permite ser reaplicado; vem com uma almofada, deixando o produto molhado.

Escolha do tom da base

Se você é do tipo que escolher o tom de base usando o pulso, não é uma opção legal. Além da textura da pele do pulso ser diferente da do rosto, a cor não é igual. Há duas maneiras bem melhores para testar. Uma delas é passando próximo ao maxilar, das costeletas até a boca; analise olhando cor do rosto, pescoço e colo, é importante que elas estejam semelhantes para harmonizar. Outra forma, é passando diretamente no colo. Como moramos em uma país tropical, geralmente o rosto por ser mais protegido é mais claro que o colo; a cor de base do rosto não deve chocar com a do colo, causa um efeito estranho do corpo de uma cor e rosto de outro. Após aplicar a base, espere uns 20 minutos para ela fixar na pele e também para verificar que a base não vai oxidar.

A dica acima é para quando temos a oportunidade de testar, porém, hoje compramos muito pela internet, como escolher? Sugiro, busque resenhas na internet sobre a base e principalmente posts que contenham swatches (todos os tons de base aplicado no braço, lâmina, etc). Pegue uma base que você tenha e compare a cor dela com os swatches e tente escolher a cor mais próxima. Lembrando que isso vale para bases de texturas próximas, por exemplo, líquida com líquida, cremosa com cremosa, etc. Não tem como comparar uma em pó com a líquida.

 

 

Mais uma dica, se estiver difícil escolher uma base no tom da sua pele, há truques que podem ajudar. Por exemplo: misturar dois tons de base; se a base for um pouco mais escura que a sua pele, misture com um hidratante. Pode fazer a mistura com um corretivo também. E por fim, corrigir com o pó também. Esses truques são legais, porque nosso tom de pele pode mudar com as estações e exposição do sol, aí você não perde o produto que tem. A última dica, é mais fácil adequar o tom de pele do rosto (por ter área menor) com o colo do que o contrário; logo, busque sempre equilíbrio da face com pescoço e colo.

 

 

Espero que tenham gostado! Qualquer dúvida é só perguntar!

Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: